Revestimentos para pisos e paredes(5) - Porcelanato

<h1>Revestimentos para pisos e paredes(5) - Porcelanato</h1> Imagem Principal
O Porcelanato surgiu na França, na década de 70, durante pesquisas de um produto que pudesse ser usado em locais onde a cerâmica daquela época não tinha a adequada resistência ao desgaste (pisos de fábrica, etc). Ele é um produto cerãmico também, obtido pela prensagem a seco de argilas, feldspatos (solo rochoso) e material inorgânico e queimado em altas temperaturas (mais que 1200 graus, acima da usada para cerâmica convencional). Resulta compacto, resistente ao desgaste, homogêneo e vitrificado, com mínima absorção d´agua, menor que a cerâmica comum. Cada vez com menor espessura, é mais leve e fácil de trabalhar que as pedras naturais. Não tem as falhas características das rochas. Hoje em dia uma tendência mundial, em grandes formatos (60X60, 100X100, 60X120, até 1X3m) e padrões que reproduzem a textura de tecidos, pedras, fibras, madeira, couro e cimento queimado; Há também aqueles com incrustações de partículas luminosas, metalizados, que reproduzem o couro de crocodilo, etc. Características: Altíssima resistência química, Resistência ao gelo, Resistência  mecânica (flexão, tração e compressão), à abrasão, alta durabilidade, reduzida porosidade (o processo de queima na prática elimina os poros e a absorção de água é de  0,1% – Aluns porcelanatos até menos de 0.05% – ) .Porém, o fato de serem vitrificados os torna mais suscetíveis a quebras e lascas por impactos com materiais duros. Atóxicos e sem cheiro. Recomendados para ambientes molhados como banhe...