Orquidário caseiro

Tenha seu orquidário em canto de jardim

Texto da Eng.Agr.Miriam Stumpf.

orquidario caseiro com sombrite

Pérgola ou ripado para as orquideas

Pequenos ripados num recanto protegido do jardim dos fundos também poderá ser confeccionado com elementos simples e sem grandes custos.

orquidea rodriguezia decora

O orquidófilo amador poderá ali ter diversos tipos de orquídeas mais rústicas que não necessitam de estufas climatizadas.

Desde orquídeas maiores como a Cattleya intermédia, o Dendrobium nobile e o Catasetum até minis como esta delicada orquídea amarrada num tronco de palmeira-açaí de nome Rodriguezia decora.

 
 O pequeno espaço da foto tem 2,50 x 1,50 m, é uma estrutura de canos amarrada em árvores do pátio.
Assim, a parte do chão fica desimpedida.

 Tela de sombrite para proteger as orquídeas

Por cima da estrutura foi colocada uma tela que tem o nome de sombrite, de plástico especial todo furado, cor preta.

A escolha de sombreamento poderá variar, mas a escolhida para este local foi de 50% de sombra.

O uso desta tela ajuda a proteger os vasos e as mudas das folhas que caem e do sol excessivo no verão, além de diminuir o tamanho da gota de chuva, que ao cair sobre ela pulveriza, não danificando folhas ou botões das mudas.

O sombrite també protege as orquídeas das sujeiras dos pássaros

Como é um pátio aberto e há muitas plantas, os pássaros são presença constante, inclusive dormindo nos ramos das árvores.
Isto propicia os ''presentes'', isto é, o pássaro defeca e seus excrementos caem sobre a tela e não sobre as folhas.

As orquídeas fora do ripado mostram sempre os vestígios disto.

Na natureza isto também ocorre.
Os substratos leves das orquídeas acolhem este material, que serão decompostos pelos microorganismos e os minerais serão aproveitados pelas raízes como nutrientes.

No caso do sombrite que detém este material, a chuva acaba por particular tudo, dissolvendo e o aproveitamento também ocorre, mas sem tanta sujeira nas folhas.

Prateleiras em orquidario

A rega das orquideas no ripado

A rega é feita em cada vaso com mangueira no verão ou com regador no inverno, evitando excesso de água no ambiente mais úmido.

O chão de brita é permeável

O chão é de terra e brita, completamente permeável, possibilitando a que as raízes das árvores do local não sejam prejudicadas.
As adubações nos substratos são feitas nos períodos certos, bem como o controle fitossanitário.

Quando a muda começa a apresentar botões florais sempre há uma grande alegria e o vaso é realocado para a borda do ripado ou para um local no jardim para que possa ser admirado durante toda a floração.

Continua com: Projeto de orquidário

Veja tambÉm

  • Orquídeas em árvores
  • Como envasar orquídeas
  • Como plantar a orquídea bambu

Comentários