Como se calcula a capacidade das caixas de gordura e de inspeção ?

Capacidade das caixas de gordura

!

caixa de gordura

Escrito por Instrutor.Daniel Ferreira

Então façamos os cálculos para a sua Instalação:

Volume da câmara de retenção:

V = 2N + 20

V = 2X15000 + 20

V = 30.020 litros

Concluímos então que a capacidade da sua caixa de gordura deve ser de trinta mil e vinte litros ou 30,02 m³ (metros cúbicos).

Você deve solicitar que o profissional da construção, construa uma caixa de gordura nas dimensões que atendam o volume calculado acima.

Por exemplo:

Uma caixa com 3,5 metros de largura, com 3,5 metros de comprimento e com 2,5 metros de profundidade (altura), fazendo o cálculo da capacidade deste reservatório, obtém-se o total de 30,6 m³, ou seja, trinta mil e seiscentos litros, atendendo assim a sua necessidade.

Observe que as dimensões da sua caixa de gordura estão bem acima das dimensões mínimas especificadas pela Norma, porém é preciso relembrar que foram mencionadas dimensões

mínimas,

bem abaixo das medidas da necessidade da sua instalação.

Aconselho a manter a altura mínima entre o septo e a saída em 0,20 metros, ou seja, 20 centímetros, como descrito na norma, então na medida da altura serão acrescentados 20 centímetros, logo a profundidade (altura) ficará com a medida de 2,7 metros.

Outra observação que preciso fazer é em relação ao diâmetro mínimo da tubulação de saída, que na norma é de 100 milímetros, porém no seu caso, aconselho usar uma tubulação de DN 200 milímetros, pois, este tubo irá conduzir todo o efluente produzido pelo mercado.

* Veja as paginas Esgoto/Caixa de Gordura (clique)

A caixa deve ser construída corretamente , porém com atenção especial ao Septo , pois , é ele o responsável pela separação do efluente , como em geral as substâncias que são misturadas a água como óleo de cozinha e outros são mais leve que a água , eles se posicionam na parte superior da caixa , assim não transpassam o septo .

Caixas de Inspeção

As caixas de inspeção devem ter :

a) profundidade máxima de 1,00 m ;

b) forma prismática , de base retengular ou quadrada , de lado interno mínimo de 0,60 m , ou cilíndrica com diâmetro mínimo igual a 0,60m;

c) tampa facilmente removível , permitindo perfeita vedação ;

d) fundo construído de modo a assegurar rápido escoamento e evitar formação de depósitos .

Como a caixa de inspeção é destinada somente a inspeção e não á acumulação , não são necessárias dimensões parecidas com a caixa de gordura , basta simplemente seguir a norma citada acima .

Existem caixas de inspeção de vários modelos , é necessário que você escolha a que mais atende a sua necessidade , lembrando sempre que a caixa de inspeção é uma grande aliada para soluções de problemas na instalação , como por exemplo entupimentos e mudanças de direções .

É recomendável a instalação de uma caixa de inspeção sempre que ocorrer mudanças de direções na instalação .

caixa de inspeção
                     
caixa de inpeção 2

OBS : A caixa de inspeção da sua instalação deve seguir as madidas mencionadas na norma , utilizando inclusive tubos e conexões com diâmetro de 200mm adotados na caixa de gordura .

Espero ter contribuído para o sucesso da sua instalação .

Veja tambÉm

  • Eletrodutos
  • Hidraulica Boias
  • Telhado

Comentários