A cravina

Ficha Técnica: Dianthus chinensis L.

Texto e fotos da Eng.Agr.Miriam Stumpf.

cravinia

A Cravina

Nome Técnico:
Dianthus chinensis L.

Nomes Populares :
Cravina, cravínia

Família :
Família Caryophyllaceae

Origem:
 Originária da Europa e Ásia.

Descrição:
Planta herbácea de caráter semi-perene, de folhas e caule verde-zcinzentado e entre-nós de verde mais claro amarelado.

Folhas estreitas que lembram o cravo, toda a planta exala persistente odor.

As flores são simples,de pétalas recortadas na ponta, cálice estreito, podendo se apresentar do branco ao carmim e também bicolores.

Modo de Cultivo :
Em local ensolarado, solo rico em matéria orgânica e bem drenado.

Propagação por estaquia de galho, divisão de touceiras e por sementes, colocadas em sementeiras ainda no inverno.
Não tolera bem climas muito quentes, então regiões de climas amenos a frios podem cultivá-la com sucesso.

É preciso retirar a flor quando secar, com o risco de a planta ficar sem flores enquanto produz os frutos e sementes.

Paisagismo:
Cultivada como bordadura de canteiro, tende a formar densas touceiras.

Para preenchimento de maciços a pleno sol, em vasos e em conjunto com lobélias e alissos em vasos tipo bacia tem belo efeito ornamental sobre gramados.

Veja tambÉm

  • Herbáceas de Sombra
  • Herbáceas de Sol
  • Flores para a Primavera

Leia Também
Comentários